quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Selvagens - 261° ao 270° Capítulo


Savages (Selvagens)

Don Winslow



261

A bala erra o alvo.
Por pouco, mas a vida, como o basquete, é um jogo de centímetros.
Lado avança, arranca a pistola da mão do garoto, agarra-o pela cabeça e a torce.
O pescoço de Esteban estala.
Como madeira seca.
Lado liga a câmera e a vira para a garota. Depois liga o computador e digita o endereço.
Então pega a motosserra.


262

Skype.
Ben e Chon veem
Uma reprise
O. presa à cadeira
Lado de pé com a motosserra.
Os olhos de O. arregalados de terror.
Mas o diálogo é novo.
— Acho que vou comer essa piranha antes de matar ela — diz Lado. Ele se vira para
O. — Gosta da ideia, putinha? Uma última pica?


263

Elena se obriga a sentar diante do computador.
Ela fica on-line e vê


264

Magda
Com uma arma apontada para sua cabeça.
Vai se foder.


265

O amor fortalece.
O amor enfraquece.
Elena pergunta:
— O que vocês querem?
CORTA PARA:


266

INT. TELA DIVIDIDA — QUARTO DE HOTEL BARATO/ COMPLEXO DE ELENA/
ESCONDERIJO NO DESERTO

BEN
Você sabe o que a gente quer.

ELENA
Não faça isso. Estou implorando.

BEN
Queremos a garota de volta. Ilesa.

ELENA
Faça o que eles dizem, Lado.

LADO
Claro. (Para BEN) Calma.

BEN
Vamos matá-la. Vamos mesmo.

ELENA
Acredito em vocês. Podemos resolver isso. Vamos marcar a hora
e o local para a troca. Por favor, não se precipitem.


267

Lado marca hora e local.


268

Afinal, por que não?, pensa Lado.
Por que não.
Lado é um cara com dois pássaros na mão.
Então talvez ele não corte a cabeça da puta. Ele pode viver sem isso. Vai matá-la, só que um pouco mais tarde, só isso, e vai matar os dois também.
E quanto à piranha metida da filha da Elena
Ele está cagando pra ela.


269

— Você sabe o que vai acontecer — diz Chon.
Ben sabe.
Eles vão trocar reféns…
… merda, Ben odeia essa palavra, odeia ter uma refém…
Elena vai aparecer com um exército.
As chances que eles têm de sair com vida são
Quantas formas de dizer zero existem?
Nada.
Vazia
Nenhuma
esperança, nenhuma
fé, nenhuma
valores, nenhum
futuro, nenhum
passado.
Inexistência.


270

O e-mail chegou depois que eles tiraram O. do complexo, então ela não leu:

Minha menina querida,
Lamento muito ter ficado fora de alcance. Não é por falta de amor a você, minha querida querida, mas por amor ao Senhor. Estive em um retiro para avaliar o estado de minha alma, e não podíamos nos comunicar com o mundo exterior.
Este mundo é corrompido, Ophelia. A carne é fraca.
Apenas a alma sobrevive.
Ophelia, eu conheci um homem!
Sei que você já ouviu isso antes— vezes demais —, mas desta vez é sério. John também conhece e ama o Senhor, e agora que voltamos do retiro pretendemos nos casar e começar um negócio de joias — braceletes e colares proclamando a fé de quem os usa. Com minha noção de estilo e a sagacidade empresarial de John — ele é um multimilionário do ramo imobiliário que enriqueceu sozinho —, sei que vai
ser um grande sucesso. O Senhor quer que Seu povo viva em abundância.
Vou sentir sua falta, mas Indiana não é tão longe assim, e foi para isso que o Senhor fez os aviões.
Sua mãe que a ama muito,
“Rupa”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...